Como praticar o “fisting” em dez lições

Buscando sensações mais intensas nas metidas? Experimente o “fisting”, você entra com a mão e nós com as dicas!

Adicionado em: 13/08/2018 Compartilhe no WhatsApp

Praticantes dessa arte sexual relatam que o “fisting” dói sim, mas que encontraram o prazer intenso depois que começaram a fazer “fisting” anal com técnica e descontração.

Só para ilustrar, no “fisting” a mão é enfiada até a altura do pulso no ânus do parceiro. O termo vem do inglês “fist”, que significa pulso. Depois de toda uma preparação, que deve ser lenta e cuidadosa, a mão vai entrando no cu, proporcionando prazer extremo e intimidade total entre o casal.

A prática é, ainda, uma apologia aos cacetes grandes, grossos e poderosos e que, na ausência destes, são substituídos pela mão. O fetiche do maior possível leva os praticantes a essas experiências diferenciadas e por vezes masoquistas. Pode haver a penetração onde somente um é submetido ou a que os dois são penetrados mutuamente.

Segue abaixo dez dicas para não perder a prega ou como meter a mão da maneira certa!

01-) Sem preliminares bem-feitas não tem como praticar o “fisting”! Os praticantes têm que estar bem envolvidos e muito estimulados sexualmente.

02-) É fundamental a descontração para que a mãozada não machuque demais o “festee” (nome dado ao parceiro que vai ser introduzido).

03-) Não tente a introdução da mão inteira na primeira vez, vá devagar, e aos poucos.

04-) Utilize dildos e alargadores para dilatar o ânus e facilitar a entrada da mão.

05-) Apare as unhas para não machucar o parceiro.

06-) Quem vai ser introduzido deve fazer refeições leves anteriormente.

07-) Ideal utilizar luvas de látex! Experimente as coloridas, um charme a mais na enfiada!

08-) O uso de um bom lubrificante é fundamental! Existem produtos importados, como o “Crisco” muito conhecido no ambiente dos “fisting”.

09-) Pratique o relaxamento anal, fazendo força como se fosse cagar! Esse exercício relaxa as pregas anais, facilitando a enfiada.

10-) Na hora da mão ser introduzida feche-a com firmeza, com o dedão protegido pelos outros dedos. Quando toda a mão estiver dentro do ânus, ela pode ser aberta e fechada suavemente, como se estivesse a apertar uma bolinha. Esses movimentos internos com a mão são o ponto alto do “fisting”!

É claro que para se chegar ao sucesso, é fundamental que haja uma boa comunicação entre os parceiros e tudo deve ser feito com calma e suavidade.

Após muitas investidas com a mão, tente chegar ao modo avançado do “fisting”, que é a introdução do braço até o cotovelo. Ui! É claro que vai depender da anatomia do parceiro. Devagar, com muito carinho e diálogo vocês vão tomar direitinho no rabo! E haja prazer!

Como praticar o “fisting” em dez lições

Com certeza, a prática e toda a preparação que envolve o “fisting” vai aumentar a intimidade na relação com seu parceiro! (Foto: Internet)

3 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
* O seu comentário passará por uma moderação antes de ser exibido no site.
26/08/2018 - 18:11h

Delícia!

25/08/2018 - 13:32h

Muito tesão!

17/08/2018 - 14:54h

Vou ver esse negócio!


Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, sem autorizaçao escrita do 'Ponto Gay' ou do detentor do copyright. Os textos e as imagens (fotos, ví­deos, ilustrações, etc.) de todas as páginas do 'Ponto Gay' são protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, não sendo permitidas cópias ou divulgações por qualquer motivo ou justificativa, nem mesmo com autorização das(os) modelos. Infratores serão punidos na forma da lei.