Tentativa de censura na Bienal do Livro no Rio

Tentativa de censura ajuda a promover literatura LGBT na Bienal do Livro no Rio de Janeiro. Entenda o caso.

Adicionado em: 11/09/2019 Compartilhe no WhatsApp

A tentativa de censura do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante a Bienal do Livro saiu melhor que a encomenda. Afinal, ao investir contra a venda dos livros com temática LGBTQIAP+, ele conseguiu o oposto e direcionou os holofotes exatamente para essas obras literárias.

Em resposta à tentativa de recolher os livros dos quais o prefeito intitulou como “conteúdo impróprio”, as editoras destacaram ainda mais a presença dos  livros LGBTQIAP+ em suas prateleiras nos últimos dias da feira.

As editoras que investem na leitura LGBTQIAP+ também usaram as redes sociais para se posicionar contra a ação do governante e fizeram questão de chamar de “censura” o ato perpetrado pelo Poder Executivo do município.

A ação avessa, inclusive, deu início a campanha chamada “Leia com Orgulho”, iniciada pela  Companhia das Letras, a maior editora do Brasil, que se posicionou contra a ação de Crivella. E a comoção se estendeu e a hashtag #LeiaComOrgulho com indicações de livros se espalhou nas redes sociais.

E os manifestos contra a ação não pararam por aí. Diversas bandeiras com o símbolo do arco-íris foram erguidas em vários pontos, e próximo à arena #Semfiltro, que tinha como tema 'Literatura arco-íris', o público promoveu um beijaço contra a ordem de Crivella e em repúdio à censura.

Durante a coletiva de encerramento da Bienal do Livro, escritores divulgaram ainda um manifesto assinado, até domingo (8), por cerca de 70 autores, que defende a diversidade e a liberdade de expressão. “Se engana quem pensa que o alvo era a Bienal Internacional do Livro”, afirma o texto. “O alvo somos todos nós cidadãos brasileiros, pois não precisamos ter quem determine o que podemos ler, pensar, escrever, falar ou como devemos nos relacionar".

Em nota, o CEO e fundador da editora Companhia das Letras, Luiz Schwarcz, afirmou estar orgulhoso com a posição da organização da Bienal do Rio em defesa da liberdade de expressão e da diversidade. “Posturas como a do prefeito Marcelo Crivella e do governador João Doria - que recentemente mandou recolher uma apostila escolar que falava sobre diversidade sexual - tentam colocar a sociedade brasileira em tempos medievais, quando as pessoas não tinham a liberdade de expressar suas identidades. Eles desprezam valores fundamentais da sociedade e tentam impedir o acesso à informação séria, que habilita os jovens a entrar na fase adulta mais preparados para uma vida feliz."

Quer saber melhor o que aconteceu? Entenda o caso
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), anunciou, em 05/09/2019, uma determinação para que os organizadores da Bienal do Livro recolhessem os gibis que mostrassem a capa do HQ “Vingadores: A Cruzada das Crianças”, na qual os adolescentes Wiccano e Hulkling aparecem como namorados.

De acordo com o prefeito, o quadrinho - que teve sua venda esgotada em 29 minutos e não foi encontrada pelos fiscais - oferecia “conteúdo sexual para menores”.

Para não parecer perseguição, a Prefeitura informou que a medida não se tratava de homofobia, mas sim de respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que recomenda que “publicações com cenas impróprias a crianças e adolescentes sejam comercializadas com lacre”.

No entanto, a determinação do estatuto só se aplica nos casos em que há imagens de nudez ou sexo explícito, o que não é o caso livro da Marvel, que traz somente a imagem de um beijo entre dois homens inteiramente vestidos dentro do livro, e não na capa como foi promovido.

#LeiaComOrgulho a seleção de livros LGBTQIAP+ que preparamos para você:

“Irmãos Cafuçus”, a HQ do Ponto Gay
Para quem gosta de uma literatura mais picante, os quadrinhos dos Irmãos Cafuçus é a indicação certa. As HQs pornô-gay trazem histórias cotidianas de quatro irmãos que adoram a boa vida, levar pica e comer bundinhas!

“As Gêmeas Marotas”, assinado por um pseudônimo Brick Bruna
Para quem gosta de sátiras, esse livro é uma paródia adulta dos livros do holandês Dick Bruna, criador da personagem infantil Miffy. A obra portuguesa é bem humorada e vale a leitura.

“Amor é amor’, Geektopia
Vencedora do prêmio Eisner 2017, na categoria Melhor Antologia, a obra “Amor é amor”é  uma coletânea de histórias em quadrinhos que mostra a história das vítimas e sobreviventes do trágico atentado de Orlando, ocorrido em junho de 2016.

Assinada pelo selo de histórias em quadrinhos da editora Novo Século, Geektopia, o livro traz mensagens de apoio, confraternização, luta, resistência e amor, e merece ser apreciada por todos os fãs da cultura geek e também por todos que fazem parte dessa luta diária, sendo LGBT ou não.

“Me chame pelo seu nome”, de André Aciman
O livro que virou filme traz a história de Elio, um adolescente que sem perceber se apaixona pelo escritor americano de vinte e quatro anos, espontâneo e atraente, que aproveita a temporada para trabalhar em seu manuscrito e para desfrutar do verão mediterrâneo.

“Ele”, de Sarina Bowen e Elle Kennedy
O livro conta a história de dois amigos e jogadores de hóquei que começam uma complicada e impulsiva paixão. E ao se questionarem se “uma noite de sexo pode estragar uma amizade?”, essa e outras questões sobre si mesmos vão sendo respondidas quando eles se veem como treinadores no mesmo acampamento de hóquei.

“Will & Will”. John Green e David Levithan
O livro conta a história de Will Grayson, garoto hétero, classe média, apaixonado por bandas indie e tentando ser popular, que acaba conhecendo Will Grayson, gay, suburbano, que namora pela internet e detesta Madonna. O livro é uma comédia romântica leve que faz críticas sarcásticas e indiretas à sociedade, tratando de tabus da forma mais natural possível e arrancando boas risadas enquanto os personagens se parecem incrivelmente familiares.

Tentativa de censura na Bienal do Livro no Rio

Página interna da HQ, “Vingadores - A Cruzada das Crianças”, alvo de ação que pediu recolhimento da obra da Bienal do Livro. (Foto: Internet)

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
* O seu comentário passará por uma moderação antes de ser exibido no site.

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, sem autorizaçao escrita do 'Ponto Gay' ou do detentor do copyright. Os textos e as imagens (fotos, ví­deos, ilustrações, etc.) de todas as páginas do 'Ponto Gay' são protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, não sendo permitidas cópias ou divulgações por qualquer motivo ou justificativa, nem mesmo com autorização das(os) modelos. Infratores serão punidos na forma da lei.

 

Termos e condições de uso

Ao acessar o Ponto Gay o assinante / visitante tem ciência de que encontrará material adulto, incluindo vídeos, imagens e textos relacionados ao público adulto, conteúdo este inadequado para menores de 18 anos no Brasil.

Ao entrar e permanecer no Ponto Gay o assinante / visitante concorda com os seguintes termos:

  • É maior de 18 anos;
  • Não tem restrições para ver nu adulto, independentemente dos sexos envolvidos, e/ou do número de pessoas;
  • Não possui restrições para assistir a material relacionado a nudez, inclusive aquele que pode ser considerado ofensivo ou desagradável;
  • Não tem restrições para ver conteúdo com sexo explícito, independentemente dos sexos envolvidos, e/ou do número de pessoas;
  • Não possui restrições para assistir a material relacionado a conteúdo com sexo explícito, inclusive aquele que pode ser considerado ofensivo ou desagradável;
  • É o único responsável por suas ações;
  • Não permite que menores de 18 anos tenham acesso ao material adulto contido nas páginas (website) do Ponto Gay a partir de seu computador;
  • Se usar esse serviço para violar o disposto acima, compreende poderá ser responsabilizado por violar as leis aplicáveis e vigentes;
  • Que não responsabilizará os titulares do Ponto Gay pelo acesso ao material adulto contido nas páginas (website) do Ponto Gay.
  • Que a assinatura será renovada automaticamente para maior comodidade;
  • Que caso deseje cancelar a renovação, deve enviar email para [email protected] em até 3 dias antes do vencimento da assinatura.

Política de segurança e privacidade

Ponto Gay preocupa-se com a segurança e privacidade de seus assinantes / visitantes.

Para garantir isso, o Ponto Gay possui uma série de normas que todo assinante / visitante deve seguir.

Ponto Gay possui ainda compromissos que visam garantir a privacidade e segurança de seus assinantes / visitantes.

Compromissos que o Ponto Gay estabelece com seus assinantes / visitantes:

  • Não divulgar sem prévia autorização, em hipótese alguma, o e-mail do internauta que se cadastrar em páginas que requerem preenchimento de dados pessoais.
  • Não revelar sem prévia autorização, em hipótese alguma, o e-mail do internauta a outras empresas.
  • Não enviar mensagens ao correio eletrônico do internauta, sem que o mesmo tenha solicitado.
  • Possibilitar ao internauta o cancelamento, a qualquer momento, do envio de material informativo por e-mail solicitado anteriormente.
  • Preservar a identidade do internauta, mantendo sigilo enquanto o mesmo navega nas páginas do Ponto Gay.
  • Manter em absoluto sigilo o número do cartão de crédito e dados bancários do internauta.
  • Utilizar os cookies apenas para controle interno de audiência e de navegação e nunca para controlar preferências do internauta.
  • Garantir segurança e privacidade de identidade aos internautas que fazem cadastros de assinatura e de que os dados cadastrados como nome e número de cartão de crédito, serão protegidos por sistemas avançados de criptografia enquanto são enviados e mantidos em sigilo.

O que os assinantes / visitantes não devem fazer ao usar o Ponto Gay?

  • Qualquer uso com propósitos ilegais.
  • Transmitir ou divulgar ameaças, pornografia infantil, material racista ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país.
  • Transmitir tipos ou quantidades de dados que causem falhas em serviços ou equipamentos na rede do Ponto Gay.
  • Forjar endereços de máquinas, de rede ou de correio eletrônico, na tentativa de responsabilizar terceiros ou ocultar a identidade ou autoria.
  • Destruir ou corromper dados e informações de outros usuários.
  • Violar a privacidade de outros usuários.
  • Violar copyright ou direito autoral alheio reproduzindo material sem prévia autorização do Ponto Gay.

O que acontece a quem desobedece a uma dessas normas?

  • Pode receber advertências ou, até mesmo, ter o contrato de assinatura encerrado.
  • Se houver identificação de crimes previstos em lei, a conta do assinante é imediatamente cancelada, os dados são preservados e podem ser entregues às autoridades em caso de ordem judicial.

Dúvidas

Essa página visa esclarecer as dúvidas de quem deseja tornar-se assinante do website PONTOGAY.COM. Se você já é um assinante e possui alguma dúvida, por favor, entre em contato através do e-mail [email protected]

Dúvida 01.) Quais são as formas de pagamento que posso usar para me tornar assinante do website PONTOGAY.COM?
Você pode realizar o pagamento por cartão de crédito ou boleto bancário em qualquer dia da semana, inclusive aos domingos e feriados. Em qualquer hora do dia e da noite, você paga e já acessa a área de assinantes do website PONTOGAY.COM imediatamente!

Dúvida 02.) Como e em quanto tempo, eu recebo meus dados de acesso (nome de usuário e senha) para a área de assinantes do website PONTOGAY.COM?
O nome de usuário (que deve ser um e-mail válido) e a senha são escolhidos por você ao preencher o formulário de pagamento do website PONTOGAY.COM. Todos os seus dados são mantidos em sigilo absoluto e o acesso à área de assinantes do website PONTOGAY.COM é liberado imediatamente após o seu pagamento ser confirmado.

Dúvida 03.) Terei acesso a todo o conteúdo do website PONTOGAY.COM sem qualquer restrição?
Sim! Você terá acesso total ao conteúdo do website PONTOGAY.COM sem qualquer limite ou restrição! São mais de 500 horas de vídeos e desenhos incríveis, milhares de fotos e dezenas de histórias em quadrinhos exclusivas!

Dúvida 04.) Se eu optar por pagamento via cartão de crédito, o que aparecerá em minha fatura?
Em sua fatura de cartão de crédito aparecerá um nome bem discreto: "IDEALPAG". Garantimos total sigilo de seus dados.

Dúvida 05.) O website PONTOGAY.COM é livre de vírus?
Sim! O website PONTOGAY.COM é verificado e protegido pela empresa NORTON, líder mundial em segurança cibernética, e portanto 100% livre de vírus.

Dúvida 06.) Minha dúvida não se encontra respondida nessa página. O que faço agora?
Nesse caso, por favor, entre em contato com a equipe de suporte do website PONTOGAY.COM através do e-mail [email protected]

Contato

Em caso de dúvidas, sugestões, críticas e/ou cancelamento de assinatura, por favor, entre em contato com o suporte do website PONTOGAY.COM através do e-mail: [email protected]

Temos uma equipe bem preparada e pronta para atendê-lo em qualquer dia e hora da semana, inclusive aos domingos e feriados!

Antes de entrar em contato, sugerimos que acesse a página "Dúvidas", localizada no rodapé do website PONTOGAY.COM e verifique se a sua pergunta já não está respondida.

Garantimos resposta à sua solicitação em no máximo 12 horas!