Sugestão de filmes com temática homossexual

Filmes que marcaram o cinema com abordagens incríveis e realistas a respeito de escolhas afetivas e sexuais!

Adicionado em: 22/02/2018 Compartilhe no WhatsApp

São filmes famosos e elogiados pelos críticos, que contam histórias reais ou ficcionais de romances homoafetivos, abordando os caminhos da sexualidade e as escolhas afetivas. Algumas produções novas e outras nem tão recentes assim, mas sempre atuais no tema e que vão agradar, também, ao público em geral!

Festim diabólico (1948)
Obra do genial Alfred Hitchcock, o tema central é um assassinato cometido por dois homens e que acabam se tornando cúmplices e amigos (amigos um pouco além da conta!). Realizado em uma época onde a homossexualidade era completo tabu, esse envolvimento é apresentado de forma bem sutil, tanto que a maioria do público nem percebe. Considerado pelos críticos como um dos melhores filmes de Hitchcock. Se ainda não viu, veja!

Os rapazes da banda (1970)
William Friedkin, diretor dos famosos “Operação França” e “Poltergeist”, fascinado pelo tema, resolveu fazer uma adaptação da peça teatral de Mart Crowley, quando filmes sobre homossexuais ainda eram polêmicos. Um grupo de gays se reúne em um apartamento no aniversário de um deles, que ganha de presente um garoto de programa. Retrata o estilo de vida desses personagens e as escolhas sexuais, de maneira madura, inteligente e bem-humorada, mas sem ironia. Vale a pena ver!

Um Dia de Cão (1975)
Os personagens principais tornam-se cúmplices quando resolvem assaltar um banco. E o resultado é uma enorme trapalhada, resultado da imaturidade dos assaltantes. Estrelando Al Pacino, no papel do macho e viril Sonny mas que, na realidade, esconde um homem apaixonado por outro e com um casamento  de fachada. O motivo do crime foi uma forma de obter dinheiro para pagar a operação de mudança de sexo de Leon, o segundo personagem. Baseado em fatos reais, o filme fez enorme sucesso de público e de crítica. Recomendado!

Minha adorável lavanderia (1985)
Apontado como o primeiro filme britânico a abordar um romance abertamente homossexual e, também, um dos primeiros a fazer críticas diretas à estrutura econômica e social do Reino Unido de Margaret Thatcher. Do diretor Stephen Frears, a lavanderia é usada para encontros amorosos e escondidos dos personagens. O diretor mostra este relacionamento de maneira inicialmente sutil, como quase tudo no filme, para depois mergulhar profundamente, tanto no relacionamento entre os jovens, quanto nas complexas relações familiares. Agradável!

Sommersturm (Tempestade de verão) (2004)
Vigoroso filme alemão surpreende pela abordagem e pela temática, sempre polêmica, envolvendo dois amigos de infância que se descobrem sexualmente atraídos um pelo outro. Mas, o filme diferente do que se imagina, mostra que a vida não se resume apenas a sexo. “Tempestade de verão” é, particularmente, feliz ao mostrar, de maneira singela, mas real, as dúvidas relacionadas à descoberta sexual na adolescência, quando amadurecer se torna uma tarefa dolorosa. Um belo e sensível relato das descobertas e dúvidas da sexualidade.

Rainhas (2005)
Deliciosa comédia que aborda, de maneira divertida, o primeiro casamento gay acontecido na Espanha. A ansiedade dos noivos e dos pais e mães dos noivos com a proximidade do evento e a neura de todos esses personagens, o medo, a vergonha, a euforia, todos esses sentimentos se misturam e resultam em um surpreendente filme com muito brilho e glamour. Vale a pena assistir!

O Segredo de Brokeback Mountain (2005)
Ang Lee ganhou o Oscar de melhor diretor e melhor filme com a visão cinematográfica sobre uma história de amor proibido. Proibido pelo fato de ser um relacionamento gay e os personagens do romance serem retratados como dois másculos cowboys. O filme narra uma quente história de amor entre dois jovens: um rancheiro e um vaqueiro de rodeio e a luta secreta para conseguirem entender e manter o sentimento que sentem um pelo outro. Mas, a máscara social faz com que tenham relacionamentos héteros, nada felizes. Foi premiado com um Oscar e o Globo de Ouro, e tornou-se um clássico do cinema gay. Imperdível!

Além da Fronteira (2012)
Filme, realizado em coprodução Israel, Palestina e EUA, mostra a relação homossexual entre um advogado israelense e um estudante palestino, dentro do contexto de preconceitos e fundamentos culturais extremos. O diretor Michael Mayer desenvolve magnificamente o tema, mostrando a dificuldade e a coragem dos personagens, que mesmo em lados opostos politicamente, tentam manter o relacionamento. É tido como um “Romeu e Julieta” gay. O diretor consegue expor com maestria como é ser gay e, ainda, ter um affair com seu inimigo político, ideológico e religioso. O filme demora um pouco a começar, mas pela abordagem diferenciada, vale a pena ver!

In the name of (2013)
Aborda uma questão bem polêmica, principalmente para a igreja católica, mas sem externar críticas religiosas. Filme polonês, arrebatador e revelador, relata a complexidade que existe na escolha de jovens pela batina, apenas para tentar esconder uma homossexualidade reprimida e desconfortável. Acompanha uma história de um padre que se apaixona por um rapaz que o atrai. Filme provocativo e poético do diretor polonês Malgorzata Szumowska que foca como personagem principal um sacerdote e sua luta para encontrar a paz entre seus desejos sexuais e os votos religiosos. Tem quem goste, tem quem critique!

Hoje eu quero voltar sozinho (2014)
Neste drama, o diretor e roteirista Daniel Ribeiro desenvolve uma ideia banal e batida, a descoberta do primeiro amor, mas acrescentando características particulares ao personagem principal, a homossexualidade e a deficiência física. Leonardo, adolescente cego, tenta conviver com as neuras da mãe superprotetora e batalha pela própria independência. Para decepção de sua inseparável melhor amiga, Giovana, ele planeja libertar-se de seu cotidiano fazendo uma viagem de intercâmbio. Mas, todos esses planos são abandonados, quando conhece Gabriel. Novos sentimentos surgem em Leonardo, trazendo à tona descobertas sobre si mesmo e a sexualidade. Sucesso nas telas brasileiras, o filme conquistou o público de outros países, abocanhando prêmios em importantes festivais, como a Berlinare. Filme brasileiro muito bom!

Sugestão de filmes com temática homossexual

“O Segredo de Brokeback Mountain” retrata o complexo envolvimento romântico e sexual de dois caubóis do Oeste dos Estados Unidos. (Foto: Divulgação)

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
* O seu comentário passará por uma moderação antes de ser exibido no site.

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, sem autorizaçao escrita do 'Ponto Gay' ou do detentor do copyright. Os textos e as imagens (fotos, ví­deos, ilustrações, etc.) de todas as páginas do 'Ponto Gay' são protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, não sendo permitidas cópias ou divulgações por qualquer motivo ou justificativa, nem mesmo com autorização das(os) modelos. Infratores serão punidos na forma da lei.