Por que Pabllo Vittar faz tanto sucesso?

Entrevista com a drag queen Pabllo Vittar, sucesso nacional, mostra tudo o que ainda não foi mostrado!

Adicionado em: 15/03/2018 Compartilhe no WhatsApp

Você conhece Pabllo Vittar? Confira, em formato de entrevista, fatos realísticos e completamente verídicos da vida e obra da cantora, compositora e drag queen maranhense Pabllo Vittar.

01-) Quem é Pabllo Vittar?
Phabullo Rodrigues da Silva, natural de São Luís do Maranhão, nasceu em 01 de novembro de 1994, tem uma irmã gêmea chamada Phâmela e é filho de uma técnica de enfermagem. Não conhece seu pai biológico, que abandonou a mãe quando ela ainda estava grávida. Com 15 anos vem, juntamente com a família, para São Paulo. E em 2009, já estava se apresentando como drag queen, cantando e dançando. No entanto, para sobreviver, precisa conciliar a vida artística com empregos em lanchonetes e cabeleireiros. Em 2011, a mãe casa-se novamente e vão todos para Uberlândia (MG), onde Pabllo dá início ao curso de design pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), mas o curso fica pelo meio, pois a sua agenda artística começa a ficar lotada.

02-) Como começou a vida artística?
Sempre sonhando em ser cantor, começa a vida musical, mais ou menos aos treze anos, quando se junta ao coral de uma igreja católica, além de marcar presença em festas de família, aniversários e apresentações na escola, sempre pronto a exibir seus dotes artísticos. Ainda adolescente, começa a compor suas próprias músicas e, a partir daí, não teve mais dúvidas sobre o destino que daria a sua vida.

03-) Quando a drag queen começa a fazer parte do show?
Começa a frequentar casas noturnas e, numa delas, participa de uma seleção de cantores, onde é aprovado. Esse acontecimento abre as portas de sua vida profissional, ainda menor de idade. Nos shows já mostrava interesse em se vestir como mulher, com figurinos avançados e criativos. Assim, consequência dessa escolha, Pabllo Vittar foi se tornando figura muito requisitada em apresentações públicas voltadas ao público LGBTT, ganhando enorme popularidade no seu estado natal.

04-) Entre os shows noturnos e a fama nacional, o que rolou no caminho?
Grande parte da fama do cantor se deve aos vídeos musicais que ele gravava junto com amigos e divulgava na internet, o que chama a atenção de empresários e produtores. Após o sucesso dos seus clipes musicais, Pabllo Vittar começa a aparecer cada vez mais na mídia e em 2016, chega a ser contratado como novo vocalista da banda do programa “Amor & Sexo”, da Rede Globo, substituindo o cantor Léo Jaime. Participa, ainda, do videoclipe da música “Insight”, de Luiza Possi e vira garota propaganda na campanha da Avon, “Louca por Cores”.

05-) E os caminhos para a popularidade nacional vieram como?
A cantora, compositora e drag queen maranhense inicia sua carreira profissional em 2013, mas a notoriedade nacional vem mesmo em 2015, quando lança o videoclipe da música “Open Bar”, paródia da música “Lean On”, do grupo de música eletrônica “Major Laser”. Atualmente, o seu clipe mais popular, “K.O.”, conta com mais de 80 milhões de visualizações no Youtube. Ousada, dá o pontapé inicial para a carreira internacional, após ter sido convidada junto com cantora Anitta para uma música colaborativa com o “Major Laser”, chamada “Sua Cara” que, em menos de 24 horas após o lançamento do clipe já tinha cerca de 20 milhões de visualizações.

06-) Pabllo Vittar, ele ou ela?
Pabllo conta que é o de menos ser chamado por ele ou por ela, cantor ou cantora. Realmente, alguém acha que isso interessa? Vittar, como um símbolo de contestação e irreverência, torna-se uma figuras de um grupo de artistas LGBTT que ganha, progressivamente, destaque no meio musical e nada mais do justo do que aproveitar esse espaço para abordar e discutir a diversidade sexual, além de combater a homofobia e os demais tipos de preconceito.

07-) Como convive com o preconceito?
Desde criança, Pabllo sente na pele o preconceito, principalmente na escola, onde os colegas viviam menosprezando, humilhando e até batendo nele, devido aos gestos delicados e voz fina. Um garoto, certa vez, chegou a jogar sopa quente no rosto do cantor, sentindo-se incomodado por este não estar “agindo como homem”. Apesar de se sentir realizado quando encarna uma drag queen, alega não ser transexual, pois só se sente mulher quando está no palco, fora dele se veste como rapaz, espalhando fotos em redes sociais e mídia, em geral, vestido como homem.

08-) E falam o que de Pabllo Vittar?
A repórter do “Bem Estar”, Ananda Apple , em recente nota no seu perfil do Instagram, compartilhou uma foto com a mensagem: “Pessoal, cuidado ao receber um arquivo chamado CD novo de Pabllo Vittar. Não abra, pode ser o CD novo de Pabllo Vittar mesmo!”. Não é a primeira vez que a repórter critica a cantora. Em publicação de janeiro, ela fez uma comparação dura, em ilustração onde se lê: “Se você acredita que 2018 será melhor, lembre-se que quem elegeu a música de Pabllo Vittar como a melhor do ano, também vai votar para presidente!”. Além dela, no finalzinho de 2017, o cantor Falcão, usando também sua rede social, no perfil oficial do Instagram, postou uma foto da cantora, dizendo que, finalmente apareceu alguém que cantava pior do que ele, usando a legenda: “Pabllo Vittar. Finalmente aparece na gloriosa MPB, depois de tanto tempo, uma criatura pra cantar mais ruim do que eu. Parabéns obrigado de nada!”.

09-) E a pergunta final sobre Pabllo Vittar, nós vamos fazer pra você: “O que você acha de Pabllo Vittar?”.

Por que Pabllo Vittar faz tanto sucesso?

Phabullo Rodrigues da Silva, conhecido por seu nome artístico Pabllo Vittar é um cantor, compositor e drag queen brasileiro. (Foto: Divulgação)

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
* O seu comentário passará por uma moderação antes de ser exibido no site.

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, sem autorizaçao escrita do 'Ponto Gay' ou do detentor do copyright. Os textos e as imagens (fotos, ví­deos, ilustrações, etc.) de todas as páginas do 'Ponto Gay' são protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, não sendo permitidas cópias ou divulgações por qualquer motivo ou justificativa, nem mesmo com autorização das(os) modelos. Infratores serão punidos na forma da lei.