Agora é a hora: o tesão das rapidinhas!

Quem falou que precisa durar muito para ser sensacional? O glamour do sexo relâmpago nos dias apressados de hoje!

Adicionado em: 14/06/2018 Compartilhe no WhatsApp

Às vezes aquele tesão incontrolável acontece sem esperar, do nada, e você não quer perder a oportunidade de ser feliz! Mais do que sabido que sexo não é só prazer, é uma necessidade fisiológica, principalmente para aqueles que têm os hormônios nas alturas. E como em qualquer outra necessidade fisiológica, na maioria das vezes, não é possível escolher hora, nem lugar para sentir aquele frêmito peniano! Quem nunca?!

Existe certa prevenção contra as rapidinhas, mas a transa não precisa durar muito para ser incrível! Os que se espantam e acham que cinco minutos é pouco tempo para o prazer, nunca transaram dentro de um elevador, no banheiro do restaurante ou mesmo em um banho de mar, numa noite de verão. Nunca, com certeza, experimentaram os prazeres de uma boa rapidinha!

Mesmo que o sexo relâmpago não tenha o mesmo glamour das trepadas convencionais, onde preliminares duram uma eternidade e diversas posições são testadas, ele tem as suas vantagens. Alcançar o gozo em poucos instantes é uma delas. Deu vontade no lugar mais bizarro e na hora mais improvável? Não perca a oportunidade de traçar um rabo empinadinho, se ele se oferecer pra você no escurinho do cinema ou na sauna gay.

Em quantas cenas de filmes ou mesmo em novelas, não se invejou aqueles momentos arrebatadores e apressados, mas inesquecíveis, onde casais se entrelaçavam e, em segundos, chegavam ao gozo, arfantes e sensuais. Na vida real, verdadeira, a rapidinha contribui para levantar o ânimo do casal, fazendo o coração bater mais forte e o pênis ficar latejante e duro como rocha.

Imagine, você fazendo um café pela manhã e o seu boy chegar de pau duro e te colocar em cima da mesa e “crau”! Você vai se sentir a poderosa! O inesperado, a emoção, a surpresa e a liberação de adrenalina são mais do que ingredientes para uma levantada na autoestima, afinal, você está sendo motivo daquele tesão todo, assim, do nada!

Muito comum entre amores proibidos ou início de relacionamentos, o sexo “fast-food”, para consumo imediato, é mal compreendido, mas pode ser uma escapada da rotina, conseguindo trazer, para o momento, um sabor de aventura. Rapidinhas podem ser o remédio ideal para surpreender e deixar o dia mais colorido. Já pensou nisso? E se você fica inventando desculpas para não trepar por falta de tempo, pense nessa alternativa e pare de reclamar.

Garanta momentos prazerosos, crie oportunidades onde você acha que elas não existem. Saia do lugar-comum, de preliminares e preparações por vezes cansativas. Surpreenda o seu boy com um delicioso sexo oral, ajoelhe-se por baixo da mesa, e engula a vara dela, faça-o gozar em segundos.

Ou enquanto prepara o jantar, cobice o rabinho dele, acoche na traseira, maliciosamente, já com a espada pronta para o abate. Essas pegadas firmes são sempre bem-vindas e o “approach” sem esperar é pau duro na certa.

Já que o sexo vai ser rápido, não invente muito nessa hora, o melhor mesmo é investir em posições que estimulam o prazer e não sejam difíceis de fazer. A famosa de pé por trás é uma das preferidas da galera gay e, realmente, é uma boa pedida. Outra opção é um apoiado na parede e o outro sentado de costas, desse modo é possível ter maior controle sobre os movimentos, garantindo um grande domínio dos estímulos sexuais. Independente da sua escolha, o importante é aproveitar!

E já que vai surpreender, esqueça o lugar onde vocês normalmente transam e aproveite outros espaços, como chão da sala, pia da cozinha, garagem, quanto mais inesperado melhor! Uma excelente escolha é o banheiro, quando ele estiver tomando banho, apareça de pau duro dentro da cueca transparente, ele vai ficar doido e a atracação vai ser certa!

O mais legal da rapidinha é que ela não precisa de uma cama para rolar. Já que a ordem é satisfação rápida, bom mesmo é que seja inesperado. Inove nos locais também fora de casa. Quanto maior a adrenalina, mais excitação. O risco de serem flagrados no ato imprime ao sexo um gostinho de aventura.

Fale durante a metida, isso facilita o foco na transa e colabora na excitação, pois o corpo assimila o que está sendo falado. Compartilhe com o parceiro os seus desejos e sensações, pode acreditar, é uma maneira simples, mas eficiente de acelerar o prazer. Principalmente, se falar no ouvidinho e de modo bem sensual.

Uma das melhores dicas é não tirar a roupa, além do desperdício de minutos superpreciosos, para quê se despir? Faça o suficiente, abra o zíper e mande ver! Não tirar a roupa do boy, vai dar a sensação de que a fome está desesperadora e isso é bom demais!

Agora se você não é adepto das rapidinhas, porque adora o conforto dos lençóis de cetim, reveja seus conceitos. Uma rapidinha não precisa de conforto, precisa de tesão, desejo, fogo, vontade de meter. Pode ser na poltrona da sala, dentro do carro é uma delícia, encostado no fogão, de bruços em cima da pia. Esqueça o conforto, o legal é exatamente não ter conforto.

Ah! E o beijo… Beije muito! Como não existe tempo nem disposição para as preliminares, use e abuse da língua, está sempre disponível e pronta para ser usada seja na orelha, nos mamilos, no pau, na rosca ou língua contra língua.

Beijos longos e ansiosos são excelentes afrodisíacos e promovem o esquenta. Mas, aproveite para beijar o seu bofe diferente, invista em movimentos diferentes com a língua. Colabore com ligeiras mordidinhas e lambidas promíscuas, a boca é para ser usada.

O poder das palavras é enorme, principalmente se carregarem uma boa dose de sacanagem. Frases sacanas incendeiam qualquer um, nessa hora só não pode ser tímido, aproveite para falar o que os boys adoram ouvir.

E um detalhe muito importante, enquanto estiver embalado na vertigem desse sexo louco, pense somente nisso, nada de ficar viajando com o pensamento nas contas, no supermercado, no trabalho. Pensa bem, você enrabando um boy maravilhoso e perdido em preocupações. Não há pau que aguente!

A mente é poderosa no excitamento sexual, abasteça a sua com pensamentos sacanas, observe o parceiro e repare como ele transmite sexualidade, desejo e paixão, retribua de corpo e alma. E preste atenção! Uma rapidinha aparece quando você menos espera! Aproveite!

Agora é a hora: o tesão das rapidinhas!

Um dos melhores lugares para dar uma rapidinha é no carro! Comece com um beijo, mas não demore muito pra abocanhar a rola do bofe! (Foto: Internet)

5 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
* O seu comentário passará por uma moderação antes de ser exibido no site.
07/08/2018 - 03:19h

Ótimo artigo!

12/07/2018 - 10:41h

Amei!

04/07/2018 - 01:45h

Muy bueno

28/06/2018 - 11:25h

Adorei!!!

16/06/2018 - 16:58h

É muito gostoso!


Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, sem autorizaçao escrita do 'Ponto Gay' ou do detentor do copyright. Os textos e as imagens (fotos, ví­deos, ilustrações, etc.) de todas as páginas do 'Ponto Gay' são protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, não sendo permitidas cópias ou divulgações por qualquer motivo ou justificativa, nem mesmo com autorização das(os) modelos. Infratores serão punidos na forma da lei.